A Cultura do atraso

dezembro 20, 2006 at 11:35 pm 4 comentários

A Cultura do Atraso é uma expressão perfeita para o hábito já enraizado\consolidado do povo brasileiro de se atrasar nos seus compromissos a exemplo de reunião, aniversário, festa e encontro e, considerar essa prática normal. Quem é pontual ou costuma ser sofre nesse país. Existe um raciocínio arraigado nas mentes brilhantes de que o compromisso, por exemplo, marcado para as 14 horas começa às 14h30min ou 15 h, ou seja, não se chega no horário sancionado, normalmente é meia ou uma hora depois. Por isso é preciso colocar a reunião às 9h ou 9h30min para se iniciar às 10h. Oh a cultura do atraso!

Com efeito, os pontuais esperam demais. A dica é Ter sempre à mão um som como um rádio, um disckman ou o celular ou, um livro, um texto ou revista para ler. Esperar assim é bem melhor: não estressa tanto e ainda se adquire conhecimento. Com essa cultura de se aceitar esse atraso como natural não há relógio ou celular que dê jeito.

O atraso é realmente cultural. Claro que há demoras oriundas de imprevistos, acontece inclusive com os pontuais, não com tanta freqüência quanto com os atrasadinhos. O pior é quando o esporádico é a pontualidade e se trabalha com alguém assim, que só chega tarde, tanto que não há mais imaginação para desculpas. O inferno temporal é um grupo onde só você é pontual, ou melhor, 99.9999 se atrasam sempre. Nisso se perde muito tempo e ganha-se muita chateação, chama-se o jogo da perda total. Não se pede mais nem desculpa pela tardança, os seres educados\conscientes são exceções da regra do mau senso: pedem desculpas, explicam-se, também ligam, às vezes do celular, para informar o atraso. Ser pontual, muitas vezes, é um defeito, um desafio, pois os atrasados configuram-se como maioria, infelizmente!

Entretanto os atrasos em certas situações são inadmissíveis como chegar alguns minutinhos ou minutões (tanto faz) depois do encerramento do banco, do inicio de uma entrevista, seleção de emprego/estágio ou de uma prova de concurso. Nessas situações se perde a chance de se realizar um pagamento de uma conta ou de um outra operação bancária, de uma oportunidade de estágio ou emprego, e no caso de uma prova se “joga quase que no lixo” aquele tempo de estudo que resultou em não idas ao cinema, à praia e a outras abdicações. Tudo isso pelo atraso. Há uma tendência também deixar para fazer a declaração de isento ou a de imposto de renda para o(s) dia(s). Aí o sistema na net não suporta tanto (milhões) acesso e as filas no banco ou nos correspondentes bancários tornam mais imensas. Certas situações não admitem atraso mesmo, para quem é adepto da Cultura do atraso é bom refletir, alias mudar.

O atraso por si só não é atraso, todavia a Cultura dele é um atraso e tanto, para ser mais exato, enorme. Será que é por isso também que nosso país é assim, atrasado?Fica a pergunta. Se bem que a ela já se responde (é só substituir o “?” pelo “!”).Notei a pouco tempo atrás que uma emissora da TV aberta é adepta a essa cultura, ela anuncia a transmissão de um filme para às 20h30min,entretanto a faz às 21h.Percebi isso porque me interessei por um filme que iria ao ar, na hora exata sintonizei, do filme. Voltava a esse canal várias vezes, depois de meia hora, às 21h o filme começou. Falei com minha vizinha sobre isso, a priori pensei que não fosse veiculado mais o filme, ela disse que a emissora transmite mais tarde, bem mais tarde, do que o programado. Achei e ainda acho um absurdo a interação povo e TV brasileira.
Muitos atrasos implicam em mais atrasos. As pessoas vivem, ou pensam viver, em correria com a agenda apertada cheia de compromissos. Você sai de um compromisso para outro, deste para outro e assim sucessivamente o efeito cascata. Vamos ver o impacto desse efeito: a mãe vai à reunião da escola com inicio marcado para as 8h e termino às 9h30min, só que a reunião começa atrasada e é provável que ela termine depois do horário estipulado. Contudo a Mãe-mulher-dona de casa -trabalhadora possui compromisso às 10h e ainda passar em casa para organizar as coisas. Oh o efeito, o malefeito! O atraso já está arraigado mesmo: sessão de cinemas, shows, peças de teatro e outros eventos iniciam com atraso e com efeito terminam mais tarde.

Eu particularmente já não suporto essa Cultura do atraso. Os brasileiros que se habituam a ela não se dão conta das suas conseqüências. Horários são feitos para serem cumpridos/respeitados, não para serem desrespeitados como quase sempre ocorre. Ao persistir essa cultura, os horários por coerência precisam ser eliminados, já que a maioria esmagadora não os cumpre.

Liliam Freitas

Entry filed under: Geral. Tags: .

Xuxa: 20 anos Cotas na Universidade Federal do Maranhão

4 Comentários Add your own

  • 1. elaine  |  março 18, 2008 às 9:18 pm

    oi

    Responder
  • 2. liliamfreitascs  |  março 20, 2008 às 4:29 pm

    Esperava que comentasse mais o texto. De certo modo agradeço, pois deve ter muito sentido teu oi!
    Meu email pra quem enviar um oi é litemafre@yahoo.com.br
    Liliam Freitas

    Responder
  • 3. arthur  |  maio 25, 2009 às 7:36 pm

    Oi

    Muito bom o texto, eu vivo na pele isso, pq sou um que faz parte das minorias absolutas, dos que tentam nunca se atrasar… Acho que devia ter nascido na Inglaterra!
    Me lembro de uma chefe antiga, se a reunião estava marcada para às 14:00hs, ela não saia às 13:30, saia às 14!!!! Ai no caminho ligava no escritório e pedia pra alguém ligar no cliente e avisar que ela chegaria um pouco atrasada…. rs

    Responder
  • 4. João Leite  |  agosto 28, 2011 às 12:50 am

    Ótimo enfoque. O atraso de um poderá prejudicar vários. Mais ou menos como dito em seu texto, o efeito cascata provoca um agrande atraso generalizado. As poucas pessoas que são contra essa cultura, ditas pontuais, acabam sendo taxadas de chatas, até mesmo intransigentes. Abrassus
    João L.

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

dezembro 2006
S T Q Q S S D
    jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: